emdefesadasarvores@gmail.com

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Dar o corpo ao manifesto


O Emanuel Sousa é um agrónomo para quem as árvores são "um assunto muito sério", cansado de fazer apelos aos responsáveis pelas árvores de Lisboa para que as cuidem correctamente e perante a indiferença pela parte destes, decidiu agir e mostrar o que, segundo ele, realmente se passa nesta cidade.

No seu tempo livre percorre muitos quilómetros nas ruas de Lisboa e faz-se fotografar junto de todas as árvores mortas que encontra atribuindo-lhes um número, garante que são milhares as árvores que por falta de cuidados básicos e atenção morrem todos os anos em Lisboa e para o provar começou hoje a publicar estas fotografias no grupo que criou para o efeito,  Emanuel responsabiliza o vereador do pelouro da Estrutura Verde de Lisboa pela morte e pelo estado das árvores e os números que nos apresenta  refutam os mega números de plantações apregoados pela autarquia.

O que o Emanuel nos mostra impressiona e surpreende até aqueles que como nós pensam conhecer bem as árvores de Lisboa e os seus problemas, logo no primeiro dia dá conhecimento de uma rua recentemente requalificada em que quase todas as árvores já estão mortas ou moribundas. Para que o esforço e a dedicação do Emanuel às árvores não seja em vão há que olhar para estas imagens reflectir e tirar conclusões, afinal culpados somos todos os que assistimos cegos ou indiferentes à morte das árvores na nossa cidade.